BLOG PERFORMANCE

Mitos e verdades sobre as proteções à pintura


Foto: Performance Protection - Camaro SS2

Parte do texto extraído de artigo da revista Quatro Rodas, em 20 mar 2017:

Todo polimento elimina uma parte do verniz da pintura. MITO

O polimento, quando bem executado, e, com compostos e maquinários de boa qualidade, não desgastam essa camada.

Cristalização e espelhamento são a mesma coisa. FATO

São processos parecidos e, na prática, tem o mesmo objetivo, que é proteger a pintura e fazer brilhar. A diferença é que, enquanto a cristalização aplica uma resina (ou selante) para conseguir o efeito estético, o espelhamento usa uma cera especial.

E o que é a chamada ‘vitrificação’?

A ‘Vitrificação’ automotiva é um método de proteção para a pintura / verniz composta por uma Resina de Sílica Vitria de Polissilazano (ou vidro líquido), que após aplicado cria uma camada de proteção resistente sobre a pintura do carro protegendo dos raios UV e intempéries do tempo. (Falaremos mais sobre esse processo em um outro post)

Polimento técnico é o melhor artifício para a eliminação de problemas na pintura. FATO

Esse serviço é o mais indicado para solucionar manchas e riscos leves. O polimento técnico é dividido em três fases. A primeira é o corte, na qual se avaliam as condições da pintura e se eliminam contaminantes, manchas e pequenos riscos, nivelando a superfície para melhor reflexão.

A segunda é a de refino, que elimina microrriscos deixados pela fase de corte, chamados de hologramas. A final é a de lustro e proteção, quando se usam polidores de acabamento.

Carro novo não deve passar por cristalização ou espelhamento. MITO

O receio sobre esses processos é que envolvem, em veículos usados com a pintura mais desgastada, o lixamento fino, as fases de corte/refino/lusto do polimento. O lixamento e a fase de corte são efetuados para corrigir a pintura, deixando-a tão lisa quanto possível. É isso que permite brilho máximo. O polimento é feito com boinas (discos) normalmente de espuma ou lã, muito leves, que – como dito anteriormente - não afetam a camada de verniz.

Nos carros novos, que não exigem muito esforço com a correção e estão com a pintura em sua melhor forma, o polimento não precisa obrigatoriamente passar por todas as fases. E a proteção extra oferecida pela cristalização, espelhamento e/ou vitrificação é até mais recomendada do que em veículos usados, já que ela é preventiva e não corretiva.

Conclusão: sendo o carro novo ou usado, a camada protetora da pintura não é afetada – ao contrário, ela fica mais protegida.

#polimento #estéticaautomotiva #chemicalguys #nasiol #polimentotécnico #coating #cristalização #espelhamento #vitrificação #lavagemtécnica #performanceprotection #detailing

POSTS RECENTES
ARQUIVO
SIGA A PERFORMANCE NAS REDES SOCIAIS
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

(11) 2337-8563

(11) 94754-3776

(11) 2193-3796

(11) 97164-5953

Av. Dr. Guilherme Dumont Vilares, 560
São Paulo | SP | CEP - 05640-001

Alameda dos Nhambiquaras, 1639

São Paulo | SP | CEP - 04090-013